O Coronelismo na televisão brasileira.

Atualmente o Coronelismo tem sido retratado no Brasil pela novela da Rede Globo, “Gabriela’’. é um dos textos televisivos que trata com grande fidelidade a vida do homem rural brasileiro. Mesmo se passando em 1925, a obra de Jorge Amado, agora adaptada por Walcyr Carrasco discute questões ainda muito reais pelo interior do Brasil: coronelismo, curral eleitoral e vingança política. Tanto o livro como a novela de 1975 são sempre lembrados pela pureza e pela sensualidade de sua inocente protagonista. Mas, tanto em um quanto no outro estão presentes a crítica à hipócrita sociedade de Ilhéus e seus valores cristãos, e apresenta um tipo de organização política que comandou o Brasil durante toda a primeira parte da nossa, então, nova república.

Mas não é só atualmente que esses temas são abordados pela TV brasileira, em 1988 a Rede Bandeirantes transmitiu “Chapadão do Bugre” que foi uma minissérie, baseada no romance de Mário Palmério escrita por Antônio Carlos Fontoura com direção de Wálter Avancini e Jardel MelloChapadão do Bugre apresenta como tema, a destruição do reino dos coronéis e dos jagunços: 

“Uma força estranha e impiedosa, representada pelo capitão Eucaristo Rosa, se abate sobre o sertão, destruindo tanto os coronéis e suas práticas políticas clientelísticas como o jagunço José de Arimatéia, sem que ninguém (…) possa chegar a entender as normas do novo mundo que se estabelecia no sertão. Apenas Camurça, a mula de José de Arimatéia, percebe, à hora da morte, a realidade. E o faz do ponto de vista dos marginais e oprimidos do sertão. Mas é tarde e a destruição é inexorável” (João H. Weber)

Imagem

Fontes: http://pt.wikipedia.org/wiki/Chapad%C3%A3o_do_Bugre_(miniss%C3%A9rie)http://www.teledossie.com.br/gabriela-e-quem-disse-que-o-coronelismo-acabou/http://www.youtube.com/watch?v=cluxSVxcOsY

Anúncios
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s